Bonito e Pantanal

Bonito e Pantanal, localizados em Mato Grosso do Sul, são destinos de destaque no Ecoturismo e no Turismo de Aventura, por conta da singularidade dos recursos naturais, capacidade e qualidade da operação turística instalada e muitas boas práticas existentes de sustentabilidade.

A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (FUNDTUR) tem estimulado que os destinos trabalhem juntos, tanto em ações de melhoria da oferta como no processo de posicionamento de mercado através da Rota Bonito Pantanal.

Com essa parceria, tem sido possível a união de forças para reforçar o posicionamento dos destinos que são complementares. Bonito tem adotado uma estratégia para atrair turistas internacionais, tendo o Pantanal como alavanca. Por outro lado, o Pantanal busca atrair mais o turista doméstico, que já visita cada vez mais Bonito.

 

Bonito

O município de Bonito faz parte da Serra da Bodoquena, sendo eleito mais de 16 vezes consecutivas o melhor destino de Ecoturismo do Brasil. Destaca-se pela inovação nas experiências que oferece, por ser referência em qualidade, segurança e sustentabilidade, pela organização empresarial e pela governança do destino.

Outro fator que contribui para o êxito é a qualidade dos atrativos turísticos, são mais de 40 opções de atividades, que envolvem: boia cross, bote, arvorismo, mergulho, flutuações, cavalgadas, cachoeiras, visitas a grutas e balneários, dentre outras. 

A preocupação dos atores locais com a sustentabilidade está presente desde 1995, seja através da gestão da capacidade de carga dos atrativos (com resultados ambientais positivos), ou através da inclusão das pessoas locais na operação, passando pela sustentabilidade econômica com a integração e ganhos proporcionados pelo "voucher único" para os diversos segmentos envolvidos - atrativos, agências, guias de turismo, etc.

Outro destaque de Bonito é o conjunto de leis municipais e a existência de um Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) que estimula a organização de associações e a existência de uma governança entre todas os elos da cadeia produtiva do Turismo.

Importante ressaltar que quando falamos em Bonito, torna-se importante considerar que a sua oferta turística está integrada com outros municípios da região, como Jardim e Bodoquena, inclusive os atrativos dessas localidades são vendidos e operados a partir de Bonito.

 

Pantanal

O Pantanal é uma das maiores planícies inundáveis do planeta, correspondendo a 2% do território brasileiro, localizado entre o sudoeste de Mato Grosso e o oeste de Mato Grosso do Sul, encontrado também no Paraguai e na Bolívia.

Em 2015, o Pantanal foi eleito o 4º melhor destino para apreciação de vida selvagem no mundo pelo site de notícias US Today (Estados Unidos), ficando a frente de lugares como Serengeti (África) e Parque de Yellowstone (EUA).

Tem como ponto forte a conciliação da conservação da natureza com a produção rural, pela sua capacidade de atrair um público estrangeiro especializado e por ser referência em capacitação de guias e profissionais locais.

 

Boas Práticas no Ecoturismo

 

Ambos os destinos compartilham boas práticas que reforçam a qualidade, a segurança e sustentabilidade da oferta. A seguir destacamos algumas das boas práticas observadas:

Estas boas práticas proporcionam destaque ao Ecoturismo e Turismo de Aventura em Mato Grosso do Sul, justificando o Portal Sebrae de Ecoturismo surgir como uma iniciativa nacional a partir de Bonito, fortalecendo o posicionamento do destino e do estado como um verdadeiro polo de referência nessa temática para o Brasil e para o mundo.

 

FAÇA PARTE

Participe agora mesmo do Portal Sebrae de Ecoturismo e tenha acesso a maior plataforma online com conhecimentos, boas práticas e oportunidades no Turismo Sustentável. É totalmente gratuito e fácil para empreendedores, gestores e profissionais que atuam nos destinos brasileiros.

Quero participar