Divulgação: http://www.viajarverde.com.br
78% dos viajantes brasileiros dizem que pandemia os incentivou a fazer viagens sustentáveis

78% dos viajantes brasileiros dizem que pandemia os incentivou a fazer viagens sustentáveis

  • 01/10/2021 às 19:10
  • Ana Duék
Fonte: Viajar Verde - http://www.viajarverde.com.br

78% dos viajantes brasileiros acreditam que a pandemia os incentivou a viajar de maneira mais sustentável no futuro. É o que diz o novo Relatório Booking.com de Viagens Sustentáveis 2021, divulgado em 3 de junho. No mês em que comemoramos a conscientização pelo Meio Ambiente, o relatório, produzido há seis anos pela Booking.com, indica que a pandemia pode ter sido crucial para os viajantes realmente se comprometerem com sua própria jornada sustentável, tanto em casa quanto durante suas viagens, e traz boas expectativas para a reconstrução de um turismo mais responsável. Foram 29.000 viajantes entrevistados em 30 países, incluindo o Brasil.

O Relatório de Viagens Sustentáveis deste ano está bem mais completo e, além de números apenas sobre as intenções dos viajantes, também traz dados sobre comportamentos do dia a dia, atitudes que eles efetivamente tomaram em suas viagens e ações que esperam das empresas de turismo. As descobertas deste ano também expõem as barreiras e dúvidas que ainda permanecem quando o assunto é sustentabilidade no turismo.

A pandemia foi um dos aspectos abordados, com 72% dos viajantes globais acreditando que as pessoas precisam agir imediatamente para salvar o planeta para as futuras gerações. Os brasileiros, ao registrarem um índice de 78% na intenção de viajar de forma mais sustentável, ficaram acima da média mundial de 61%. Além disso, 49% dos entrevistados no mundo todo admitiram que a pandemia mudou sua atitude para fazer mudanças positivas em suas vidas diárias: 49% estão focados na reciclagem; 42% em reduzir o desperdício de alimento; 34% em caminhar ou pedalar para substituir o uso de outros transportes; e 33% em evitar plásticos descartáveis.

 

Como os turistas estão dispostos a se responsabilizar durante as viagens?

De acordo com a pesquisa da Booking.com, a maioria dos viajantes já está pronta para assumir suas responsabilidades na hora de reduzir seus impactos nas viagens. 84% disseram estar dispostos a reduzir o desperdício em geral. No Brasil, esse número sobe para 91%; 83% querem reduzir o consumo de energia (por exemplo, desligando o ar condicionado e as luzes quando não estão no quarto) e 79% desejam usar meios de transporte mais ecológicos, como caminhar, andar de bicicleta ou transporte público.

Pessoas que querem reduzir o lixo nas viagens

O respeito pela comunidade local também está no topo da lista, já que quase três quartos (73%) desejam ter experiências autênticas que sejam representativas da cultura local quando viajam; 84% acreditam que aumentar a compreensão cultural e a preservação do patrimônio cultural é crucial e 76 % desejam garantir que o impacto econômico do setor seja distribuído igualmente por todos os níveis da sociedade. Além disso, 69% pretendem evitar destinos e atrações populares para garantir que eles não estejam contribuindo para os desafios de superlotação e sim fazendo sua parte para dispersar os benefícios positivos do turismo para destinos e comunidades visitados com menos frequência.

Entre os impactos do turismo que preocupam os viajantes estão o excesso de lixo (46%), as ameaças à vida silvestre e ambientes naturais (38%), a superlotação de destinos e pontos turísticos (30%) e as elevadas emissões de CO2 (29%).

 

Mais do que boas intenções

Muitas dessas promessas estão se tornando ações. Os respondentes revelaram que, durante as viagens nos últimos 12 meses: 45% tomaram a decisão consciente de desligar o ar condicionado / aquecedor em suas acomodações quando não estavam lá; 43% levaram sua própria garrafa de água reutilizável e 33% realizaram atividades de apoio à comunidade local. Mais da metade (53%) admitiu que se decepciona se o lugar onde estão os “impede” de serem sustentáveis, por exemplo, não oferecendo opções de reciclagem. Alguns sinais positivos estão realmente aí, mas ainda há muito espaço para melhorias, com mais da metade dos viajantes ainda não pensando na comunidade local durante suas viagens ou dando pequenos passos para minimizar seus impactos. Entre os brasileiros, apenas 42% disseram ter comprado em lojas pequenas e independentes, durante as viagens, para apoiar a economia local.

 

O que os viajantes esperam dos lugares onde se hospedam?

O relatório deste ano também mostra um aumento na conscientização dos viajantes globais em sintonia com as ações que eles acreditam que hotéis, pousadas, albergues e resorts devem praticar para ajudar a proteger o planeta e as comunidades locais. 35% acham que acomodações devem fornecer keycards e/ou sensores para luz e ar condicionado para reduzir o uso de energia; 32% acham importante o hotel oferecer informação sobre o local, ecossistemas, patrimônio, cultura, bem como sobre o comportamento adequado do visitante; 27% acreditam que hóspedes devem ter a opção de abrir mão da limpeza diária para reduzir o consumo de água e químicos; 27% preferem ser servidos com louça reutilizável, inclusive no serviço de quarto. Quanto a outras empresas de turismo, 35% dos entrevistados gostariam que elas oferecessem dicas de como adotar práticas mais responsáveis ao viajar.

 

Algumas barreiras ainda permanecem

No entanto, apesar de 76% dos viajantes se comprometerem a procurar acomodações que tenham práticas de sustentabilidade, barreiras ainda existem com 49% dos viajantes acreditando que simplesmente ainda não há opções suficientes de viagens sustentáveis disponíveis em 2021. 72% acham que empresas de viagem deveriam oferecer mais opções sustentáveis; 41% dizem que não sabem como encontrar viagens mais responsáveis; e 32% não sabem como tornar suas viagens mais sustentáveis. Finalmente, 48% acham mais difícil aplicar escolhas sustentáveis ao viajar do que no dia a dia e 33% estão dispostos apenas a relaxar e não querem pensar em sustentabilidade durante suas férias.

FAÇA PARTE

Participe agora mesmo do Portal Sebrae de Ecoturismo e tenha acesso a maior plataforma online com conhecimentos, boas práticas e oportunidades no Turismo Sustentável. É totalmente gratuito e fácil para empreendedores, gestores e profissionais que atuam nos destinos brasileiros.

Sebrae

Polo Sebrae de Ecoturismo

Uma iniciativa do Sebrae e instituições parceiras para fortalecer o Ecoturismo e o Turismo de Natureza nos destinos do Brasil.

Contato

  • Rua Coronel Pilad Rebuá, 2480 - Bonito - Mato Grosso do Sul
  • [javascript protected email address]
  • (67) 3255-6500